Brasil

  Rio Grande do Sul

 Menu

 Página inicial
 Quem sou
 Trabalhos
 Artigos
 Notícias
 Assuntos 
da semana
 Livros 
 Cartas e Respostas
 Charges

 Contato para pales-
tras e assessorias

 Links 
Recomendados 
Outros
 E-mail
 Enquetes anteriores


VERDADE ABSOLUTA


Ronaldo Renato de Souza

        Habitam entre nós, essa multidão de estúpidos e ignorantes, semi-deuses que atingiram o estágio máximo do desenvolvimento intelectual a que podem almejar os simples mortais: descobriram a verdade absoluta. A estes seres iluminados, pertencentes a uma casta especialmente escolhida entre os homens, e por algum tipo de intercessão cósmica desconhecida, foram revelados todos os segredos da existência terrena.

        As razões que os fazem tão especiais não podem ser descritas em termos humanos. Não são homens especiais, nem pela sua estrutura morfológica, semelhante ao humanóide comum, ou pela formação intelectual, formados nos mesmos bancos escolares em que se formam a grande maioria dos ditos "mortais comuns", leram os mesmos livros, ouviram os mesmos mestres. Mas somente a eles - profetas escolhidos - foi dada conhecer a verdade absoluta.

        Por serem os únicos detentores desta sublime revelação, abriu-se um abismo colossal entre esses seres divinos e os simples mortais. Como pretender que possam ver um mundo, que nós os estúpidos enxergamos sob a ótica do obscurantismo, quando o veêm iluminado pela verdade absoluta?

        Ainda ouço uma ou outra voz clamando no deserto por razões que, certamente, afloram pelo desconhecimento dessa verdade, a verdade que esses quase deuses possuem em abundância. Estamos irremediavelmente perdidos entre todos os pobres mecanismos de que dispomos para a eterna tentativa de buscar algum conhecimento, a filosofia, a lógica, nada nos será útil nesta vã tentativa de buscar a verdade. Falta-nos o essencial, falta-nos a iluminação que só é dada aos escolhidos.

        Mas, a este ponto estará se perguntando o comum dos mortais, que verdade absoluta é esta que não nos é dada conhecer? Cometendo a suprema heresia de estar me intrometendo em assuntos fora da minha alçada intelectual, vou resumir de forma modesta a verdade das verdades: "O comunismo é Deus e o paraíso na terra, o partido único seu verdadeiro profeta, os militantes o povo escolhido".

        Mas onde ficam os ideais da democracia, da liberdade, do direito de ter uma opinião discordante? Se você fez qualquer dessas perguntas, lamento informá-lo, é por que - como eu - não passa de um mero mortal que ainda não atingiu o estágio da verdade absoluta. Posso tentar ajudar, dando uma pista do caminho, se essas são estradas que levam ao conhecimento da verdade absoluta, e você já trilhou o caminho que leva ao conhecimento da verdade absoluta, para que necessita destas estradas?

        Vou tentar dar um exemplo que esclareça melhor o que digo: Se os cubanos já atingiram o estágio do paraíso terrestre, conduzidos pelo supremo profeta Fidel Castro, porque eles necessitariam de eleições livres ou pluripartidarismo? Para nada. Eles nunca poderiam escolher alguém no universo melhor do que o supremo e incontestável líder de que já dispõem.

        Agora você vai tentar me dizer que o comunismo morreu, que durante quase um século foi imposto a vários povos sem sucesso, que fez 110 milhões de vitímas nesta tentativa frustrada. Cegueira... argumentos de quem é cego, de nascença e incurável por que, mesmo tendo olhos bons e sãos, não quer ver a verdade absoluta.

        É claro que existem vozes discordantes, como é o caso dessa citação que dou como exemplo: "Não acredito em socialismo como partido único, com falta de liberdade de organização sindical e também não acredito em modelo político em que o Estado seja tutor da sociedade". Esta citação é um caso típico de alguém que ainda não atingiu a verdade absoluta, ela é de Luiz Inácio Lula da Silva.

        Enquanto não recebermos a suprema verdade que nos libertará, resta-nos, como um derradeiro consolo, a modéstia contida no ensinamento do "Só sei que nada sei".

 

 

adicione o Polícia e Segurança aos favoritos.

Clique aqui para assinar o Livro de visitas
Clique aqui para ler o Livro de visitas.
As idéias e opiniões aqui expressas são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores.
 

Web designer: Otálio Afonso